DOENÇAS NA TIREOIDE

A tireoide é uma glândula cuja forma é frequentemente comparada a uma borboleta (com dois lobos), e se localiza na parte anterior do pescoço, logo abaixo da região do "Pomo de Adão", também conhecida popularmente como "gogó". Ela é uma das maiores glândulas do corpo humano.

 

Seus principais hormônios - T3 (triiodotironina) e T4 (tiroxina) - atuam de forma importante na função de órgãos como o coração, cérebro, fígado e rins, no crescimento e desenvolvimento de crianças e adolescentes, na regulação do ciclo menstrual, na fertilidade, no peso, na memória, na concentração, na estabilidade emocional, dentre outras. A perfeita secreção dos hormonios da tireóide é fundamental para o equilíbrio do organismo como um todo.

As doenças na tireoide ocorrem quando os hormônios são produzidos em excesso (hipertiroidismo) ou em quantidade insuficiente (hipotireoidismo).

 

Outra alteração frequente são os nódulos tireoideanos. Estes muitas vezes não apresentam sintomas e não estão associados nem ao hipo nem ao hipertireoidismo. Estima-se que 60% da população brasileira desenvolva nódulos na tireoide em algum momento da vida, porém apenas 5% dos nódulos representam câncer. Uma vez identificado um nódulo na tireoide, o endocrinologista solicitará os exames complementares necessários para definir se ele tem caráter benigno ou maligno.

Dra. Aline Maria Garcia Costa e Melo
Endocrinologia e Metabologia - CREMEC 6749/ RQE 2517
www.alinemelo.med.br | Todos os direitos reservados © 2019